Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \30\UTC 2007

Sofia fala

Oi,

Essa é a minha estréia aqui no blog da mamis.

Sabe, esse negócio de fazer aniversário é muito legal. Faltam 15 dias pro meu e eu já comecei a ganhar presentes.
Primeiro a minha priminha Beatriz, lá de Belorizonte, junto com a minha tia Isa, me mandaram esse sapato que eu não tiro do pé. O que eu posso fazer? Além de lindo e confortável, a minha mãe diz que tem uma tal de Lindsay Nathielly – essa tia eu não conheço não – que gostou demais. Mamis disse que eu vou gastar o sapato antes de usar de verdade.

Daí que a gente foi encontrar as amigas da Mamis e toda a minha turma. E não é que quando eu menos espero o Théo – que é um gato – me deu outro presente de aniversário. Acho que a Tia Babi deu uma mãozinha pra ele escolher. Eu fiquei tão curiosa pra ver melhor o livro que ele me deu que nem dormi no caminho pra casa. Amei demais meu livro da Chapeuzinho Vermelho com esses imãs bem legais . Hoje mesmo, antes de ir na casa da Vóvis, eu brinquei um montão.

Ah, olha só a foto que eu tirei da Tia Dê com o Rô e da Tia Babi com o Théo. Mamis diz que eu tenho talento.

Qualquer hora eu volto pra contar mais…

Anúncios

Read Full Post »

Abilolol

Abilolol – Você já tomou o seu hoje??

Sempre falo, e meu terapeuta discorda, mas eu acho que se eu fosse meio abestalhada, menos inteligente, fosse a famosa porta, talvez eu fosse mais feliz. Passaria batido por todas as delicadas nuances que transformam um ato corriqueiro, uma bobagem qualquer, em uma declaração que não pode ser mudada. Ignoraria solenemente o iminente colapso emocional. Não notaria os claros sinais de que vou pelo caminho mais tortuoso, íngreme e penoso, e que não vai levar a lugar nenhum. Viveria na mais completa inocência. Acreditaria que os outros se importam sim, que se ocupam em me ver bem. Nessas horas queria que algum gênio da farmacologia tivesse inventado o Abilolol.

Read Full Post »

Mãe

Minha mãe segurando a Sofia, na maternidade
Ultimamente tenho pensado e me preocupado muito em ser uma boa mãe. Aliás, só o fato de ter me tornado mãe de alguém já é algo que me (pre)ocupa horrores. Às voltas com isso, deixei de perceber que ainda sou filha, e como a minha mãe tem sido importante.

Não é só pela ajuda INESTIMÁVEL que ela tem me dado, estando presente nos meus momentos difíceis, me ajudando com a Sofia e todas as outras encrencas em que me meto (só essa semana foram três “quebradas de galho MASTER”), mas pelo seu apoio quase incondicional. Ela está do meu lado, embora muitas vezes eu insista em acreditar que não. E ela faz isso por amor. Só hoje eu sei como isso funciona. Precisei ser mãe pra entender como é.

Obrigada mãe!

Read Full Post »

Coisas de Sofofa

_ Hoje não tem nenhum ventinho, né filha
_ É que o Papai do Céu não está roncando…

Cantando “A Casa”
… mas era feita com “muitos zeros”, na rua dos bobos….

Procurando a malfadada chupeta, enquanto eu jantava.
_ Cade a minha chupeta mãe? Vc devorou a minha chupeta???

Read Full Post »

Hard Work

Nova sala
Novas tarefas
Novos colegas
Novas responsabilidades

Mas o salário, ó… continua desse tamanhinho.

Read Full Post »

Estréia na piscina

Minha pafuncinha estreou na piscina. Uma pena que eu não estava por perto, mas a Dinda (que proporcionou o passeio) registrou o momento.

Read Full Post »

ENMOPA

O Encontro Mothern

Mais um encontro com as minhas queridas amigas “virtuais” de quem tenho sentido muita falta e tenho muitas saudades.

Desta vez fomos no Jardim Aurélia, que recomendo muitíssimo.

Lá, nos deparamos com um encontro de senhorinhas, para comemorar o aniversário de uma delas. Ficamos na torcida para que os encontros Mothern prossigam até que, como elas, o único comprimisso para o final da tarde seja o de bajular os netos.

O encontro Grandmothern

Read Full Post »

Older Posts »